Técnicos do IAT, embarcações e caminhões-pipa: Paraná reforça socorro ao Rio Grande do Sul

Comboio com 22 técnicos do Instituto Água e Terra (IAT), 10 caminhões-pipa, 7 caminhonetes e 6 embarcações vai sair na segunda-feira (13) de São Mateus do Sul, na região Sul do Paraná, para ampliar a campanha solidária de apoio às vítimas das enchentes.
Comboio com 22 técnicos do IAT, 10 caminhões-pipa, 7 caminhonetes e 6 embarcações embarca segunda-feira (13) para o Rio Grande do Su | Foto: IAT

O Governo do Estado montou uma nova operação de assistência às vítimas das enchentes no Rio Grande de Sul. Um comboio com 22 técnicos do Instituto Água e Terra (IAT), 10 caminhões-pipa, 7 caminhonetes e 6 embarcações vai sair na segunda-feira (13), às 8 horas, do posto de gasolina Triângulo, em São Mateus do Sul, na região Sul do Paraná. A força-tarefa atuará nos municípios indicados pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul, como Porto Alegre, Santa Cruz do Sul e Canoas por 10 dias, até a quarta-feira (22).

Os caminhões-pipa vão ajudar no abastecimento de água, assim como os da Sanepar, enviados no começo da semana. Já os demais equipamentos servirão de apoio logístico para o resgate de pessoas e animais; na distribuição de alimentos, água e medicamentos; e no transporte de insumos e mantimentos. A ação conta com o suporte da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil. O IAT é vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável (Sedest).

“É um gesto solidário e de irmandade do meio ambiente do Paraná. Nos mobilizamos para colaborar com o Rio Grande do Sul neste momento tão difícil. A vida importa, por isso mais essa iniciativa humanitária. Estamos de mãos dadas com o povo gaúcho”, destaca o secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável, Everton Souza.

Esse é o segundo grande movimento de solidariedade ao estado vizinho organizado pelo IAT. Desde a segunda-feira (06), os 21 escritórios regionais e a sede principal do órgão ambiental em Curitiba estão recebendo donativos em prol da população gaúcha.

Alguns núcleos, como os da Capital, Litoral, Ponta Grossa, Irati, Jacarezinho, Cornélio Procópio, Umuarama, Toledo, Ivaiporã e Cascavel lançaram a campanha “Um alimento por uma muda”, que consiste na troca de um quilo de alimento não perecível, água potável, produtos de higiene ou limpeza e ração para cães e gatos por uma planta de espécie nativa para casa, como araucária, ipê, árvores frutíferas, entre outras.

A iniciativa integra a campanha SOS RS, liderada pela primeira-dama Luciana Saito Massa e operacionalizada pela Coordenadoria Estadual da Defesa Civil e, inicialmente, vai até o dia 22.

CAMINHÕES – Os caminhões-pipa integram o projeto Patrulha Ambiental, inciativa da Sedest executada pelo IAT. Desde 2019, foram entregues aos municípios 733 veículos, entre caminhões-baú, compactadores, modelos limpa-fossas, caminhões-pipa e poliguindastes, totalizando um investimento de R$ 206,8 milhões.

“Pedimos aos municípios o empréstimo dos caminhões e fomos prontamente atendidos. E, se tiver necessidade, ampliaremos o número de veículos. O Paraná inteiro está mobilizado para ajudar o Rio Grande do Sul”, afirmou o diretor-presidente do IAT, José Luiz Scroccaro. “Esses caminhões exercem diferentes funções. Podem levar água potável para quem precisa, mas também ajudar na limpeza das cidades quando a água da chuva começar a baixar”.

CAMPANHA – A campanha SOS RS segue arrecadando doações até o dia 22 de maio. Além do IAT, as unidades do Corpo de Bombeiros, da Polícia Civil e da Secretaria da Cultura também estão recebendo donativos.

Além das doações, o Paraná tem prestado apoio às cidades gaúchas com forças de segurança e equipamentos de resgate32 policiais militares, oito viaturas, helicóptero e embarcação foram encaminhados para auxiliar as forças de segurança do Rio Grande do Sul, evitando roubos e saques. A Polícia Científica também enviou profissionais e equipamentos.

Pelo Corpo de Bombeiros, uma nova equipe partiu na quarta-feira (8), com 37 bombeiros militares em substituição à equipe paranaense que já atuava na região desde o dia 1º de maio. Na área de saúde, o Paraná também enviou bolsas de sangue, medicamentos, alimentos e equipamentos de segurança nesta quinta-feira.

BALANÇO – O boletim divulgado pelo governo do Rio Grande do Sul às 12 horas desta sexta-feira (10) confirmou a morte de 116 pessoas vítimas das chuvas. Outras 143 pessoas estão desaparecidas. 70,7 mil pessoas estão em abrigos e 337 mil desalojadas. Ao todo, 437 cidades foram afetadas pelas chuvas.

Serviço

Saída do comboio do Instituto Água e Terra (IAT) para apoiar o Rio Grande do Sul

Data: segunda-feira, 13 de maio

Horário: 8 horas

Local: Posto Triângulo – Av. Ulisses Faria, 1889 – São Mateus do Sul. Mapa AQUI.

Com informações da Agência Estadual de Notícias

Compartilhe
Comente

Mais do Em PG é Assim

Justiça prorroga prisão de envolvidos no caso Geovana
A justiça prorrogou, no final da tarde de hoje (24), por mais trinta dias, a prisão dos suspeitos de envolvimento no homicídio de Geovana, menina de 10 anos que foi baleada na cabeça e faleceu em decorrência
Ônibus da Vacina – Confira os locais de Atendimento, 12/04
Torta de sardinha – Receita fácil
Aprenda a fazer uma torta de sardinha de maneira rápida e saborosa.

Categorias

Pontagrossauros 😂

Ria com os melhores memes de Ponta Grossa e região.

Dê uma volta ao passado com fotos de lugares marcantes em PG.

Confira a agenda de eventos de Ponta Grossa.