Prefeitura implanta telemedicina em Ponta Grossa

A Prefeitura de Ponta Grossa lançou nesta quarta-feira (17) o 1º Programa de Saúde Digital Integrada do Brasil, que vai ampliar a cobertura de atendimento médico através do sistema de telemedicina
Prefeita Elizabeth anuncia telemedicina para atendimento à saúde da população. Foto: PMPG

A Prefeitura de Ponta Grossa lançou nesta quarta-feira (17) o 1º Programa de Saúde Digital Integrada do Brasil, que vai ampliar a cobertura de atendimento médico através do sistema de telemedicina, facilitando o acesso da população aos serviços de saúde pública. A iniciativa será realizada através de via política sandbox/living lab, entre a Fundação Municipal da Saúde, a Agência de Inovação e Desenvolvimento de Ponta Grossa e a empresa Medcloud, líder no segmento, com atuação em oito países.

O anúncio do programa foi feito pela prefeita Elizabeth Schmidt, que destacou o caráter inovador do projeto. “Esse é mais um avanço para a nossa saúde. Com isso, nós vamos aumentar a qualidade e a velocidade dos atendimentos médicos, reduzir o tempo de espera nas filas por atendimentos, além de que o paciente vai diminuir os seus custos com deslocamentos. Com essa parceria, tenho certeza de que vamos melhorar a qualidade e a eficiência dos serviços de saúde em nossa cidade. Estamos unindo a tecnologia a favor da saúde pública”, disse a prefeita Elizabeth.

A presidente da Agência de Inovação e Desenvolvimento, Tônia Mansani, acredita que as cidades inteligentes são caracterizadas por melhorarem a qualidade de vida de seus habitantes por meio do uso da tecnologia. “A telemedicina é um recurso que permite que pessoas não necessitem ir às unidades de saúde para ter atendimento médico. Pessoas que vivem em áreas remotas ou que têm dificuldade de locomoção podem ter acesso aos serviços, universalizando o atendimento na medida em que facilita o acesso”, destaca.

O programa, que vai atender todas as unidades de saúde de Ponta Grossa, prevê também a capacitação dos profissionais envolvidos, e a estruturação dos locais para implantação do trabalho.

Segundo a presidente da Fundação Municipal de Saúde, Priscila Degraf, é um projeto piloto que está em fase de expansão. “Iniciamos as atividades há alguns meses e agora estamos divulgando para o público geral. O sistema de telemedicina traz uma série de benefícios, como encaminhamento de exames e resultados já integrados ao prontuário do paciente, dando mais rapidez ao processo. Além disso, o projeto possibilita também a troca de informações médicas e análise de resultados de exames, sem a necessidade de deslocamento do usuário”, explica.

Como vai funcionar

O atendimento inicia de forma presencial na unidade de saúde que, a partir da triagem e acompanhamento do paciente, seguida de uma avaliação, que define se o caso pode ser encaminhado para o teleatendimento. A seguir é feito o agendamento e, posteriormente, com horário agendado, o usuário se conecta ao profissional pelo sistema Medcloud e tem sua consulta realizada por vídeo. Após o atendimento, o paciente recebe por e-mail todos os documentos gerados durante a consulta.

Compartilhe
Comente

Mais do Em PG é Assim

Justiça prorroga prisão de envolvidos no caso Geovana
A justiça prorrogou, no final da tarde de hoje (24), por mais trinta dias, a prisão dos suspeitos de envolvimento no homicídio de Geovana, menina de 10 anos que foi baleada na cabeça e faleceu em decorrência
Ônibus da Vacina – Confira os locais de Atendimento, 12/04
Torta de sardinha – Receita fácil
Aprenda a fazer uma torta de sardinha de maneira rápida e saborosa.

Categorias

Pontagrossauros 😂

Ria com os melhores memes de Ponta Grossa e região.

Dê uma volta ao passado com fotos de lugares marcantes em PG.

Confira a agenda de eventos de Ponta Grossa.