Ponta-grossense abre vaquinha para realizar cirurgia de prótese no quadril para voltar a andar

Aos 55 anos de idade, Guacira convive diariamente com dores intensas, as quais medicamentos não resolvem e necessita de auxílio de andador para se locomover, mesmo com muitas limitações. Guacira busca realizar uma cirurgia para colocar uma prótese no lado esquerdo de seu quadril e poder ter uma melhor qualidade de vida

Com 55 anos de idade, Guacira convive diariamente com dores intensas, as quais nenhum medicamento resolve e necessita de auxílio de andador para um caso grave que recorre a realização de uma cirurgia para colocar uma prótese no lado esquerdo do seu quadril.

Em 2022, ela começou a sentir dores nas pernas que foram atribuídas inicialmente à circulação e depois à inflamação do nervo ciático e por mais de um ano, Guá foi tratada com analgésicos e anti-inflamatórios, mas sem pedidos de exames por parte de médicos.

Já em Setembro de 2023, a dor já estava intensificada a ponto de que fizesse com que Guá travasse e não conseguisse andar. No pronto atendimento, foi realizado um raio-X, o qual o médico disse que se tratava de algo normal, sendo apenas dor muscular e receitou apenas duas injeções corticoides e prescrição médica controlada.

O resultado foi que nenhuma das medicações diminuiu a dor, continuou com dificuldades para caminhar e, uma semana após a primeira ida ao PA, teve queda. Retornou ao PA, realizou novo raio-X, no qual o médico plantonista da vez identificou um processo já avançado de artrose, orientando que procurasse um ortopedista e receitando oxicodona.

Após isso, um diagnóstico mais específico foi realizado e foi constado Radiculopatia lombar, quando há compressão do nervo espinhal e Artropatia degenerativa coxofemoral severa, onde ocorre desgaste na cartilagem que reveste os ossos que formam a articulação.

“Durante todo esse tempo as dores só aumentaram e a mobilidade diminuiu cada vez mais, impossibilitando-a de realizar tarefas simples e até mesmo de dormir. Recentemente tivemos que acionar o SAMU, tamanha era a dor sentida, que a levou para o hospital onde aplicaram morfina.”, conta Lohanne.

De acordo com os especialistas consultados, a única saída para o caso de Guá seria cirúrgica e por meio de prótese. Lohanne, filha de Guá, decidiu então abrir uma vaquinha online para ajudar a mãe buscando assim possibilitar a realização da cirurgia e que a mesma volte a ter qualidade de vida.

Para doar, basta acessar o link da vaquinha digital realizada para conseguir o valor da cirurgia de Guá:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cirurgia-da-gua

Pix para doções: 046.459.849-42 (Nome: Lohanne Paz, Banco: Nubank)

Compartilhe
Comente

Mais do Em PG é Assim

PRF e PF apreendem 2,5 toneladas de maconha na região de Londrina
Paraguaio, de 22 anos, foi detido; caminhão que transportava a droga também era paraguaio
Ônibus da Vacina – Confira os locais de Atendimento, 12/04
Torta de sardinha – Receita fácil
Aprenda a fazer uma torta de sardinha de maneira rápida e saborosa.

Categorias

Pontagrossauros 😂

Ria com os melhores memes de Ponta Grossa e região.

Dê uma volta ao passado com fotos de lugares marcantes em PG.

Confira a agenda de eventos de Ponta Grossa.