Campanha de doações do Paraná já reuniu 11,5 mil toneladas ao Rio Grande do Sul

De acordo com a coordenação do SOS RS, a prioridade no momento são alimentos não perecíveis e material de higiene pessoal. Os mantimentos estão atendendo, principalmente, famílias que ainda estão desalojadas ou em abrigos
Campanha de doações do Estado já reuniu 11,5 mil toneladas ao Rio Grande do Sul
| Foto: Roberto Dziura Jr/AEN

A campanha SOS RS, do Governo do Paraná, reuniu 11,5 mil toneladas de ajuda humanitária para as vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul e já enviou ao estado gaúcho 8,4 mil toneladas em mais de 450 caminhões. O volume total de donativos contabiliza alimentos, água potável, roupas e produtos de higiene e limpeza doados em todas as cidades paranaenses até esta sexta-feira (17).

A campanha é coordenada pelo gabinete da primeira-dama Luciana Saito Massa e pela Defesa Civil Estadual. De acordo com a coordenação do SOS RS, a prioridade no momento são alimentos não perecíveis e material de higiene pessoal. Os mantimentos estão atendendo, principalmente, famílias que ainda estão desalojadas ou em abrigos. Em todo o Rio Grande do Sul, mais de 650 mil pessoas que estão fora de suas casas.

As entregas ocorrem de forma constante e saem a partir de centros de distribuição em Curitiba e de cidades do Interior. Elas estão recebendo escoltas especiais da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e guardas municipais.

A campanha segue até o dia 22 de maio. As entregas podem ser feitas em unidades do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil, sedes do Instituto Água e Terra e espaços da Secretaria da Cultura.

AÇÕES – O Paraná tem prestado apoio às cidades gaúchas também com o envio de forças de segurança e equipamentos. Já foram enviados bombeiros para trabalhar nos resgates, policiais militares para ajudar a coibir roubos e saques nos locais mais afetados, policiais civis para apoiar as autoridades locais e profissionais da Polícia Científica.

O Governo do Estado enviou também viaturas, caminhões-tanque, embarcações e helicópteros para o Rio Grande do Sul, que estão sendo usados em diversas frentes de trabalho, além de bolsas de sangue, medicamentos, profissionais de outras áreas e técnicos da Defesa Civil.

SITUAÇÃO – De acordo com o governo do Rio Grande do Sul, 461 municípios do estado foram afetados pelas chuvas e alagamentos. 154 pessoas morreram, 806 se feriram e 98 estão desaparecidas. Segundo o boletim mais atualizado, 78 mil estão em abrigos e 540 mil tiveram que deixar as suas casas. Ao todo, 82 mil pessoas e 12,1 mil animais foram resgatados em áreas alagadas.

Com informações da Agência Estadual de Notícias

Compartilhe
Comente

Mais do Em PG é Assim

Polícia Civil prende avô que abusou da neta de 10 anos de idade em Ponta Grossa
Caso aconteceu entre 2012 e 2013 quando a vítima tinha apenas 10 anos de idade; a prisão aconteceu no bairro Boa Vista
Ônibus da Vacina – Confira os locais de Atendimento, 12/04
Torta de sardinha – Receita fácil
Aprenda a fazer uma torta de sardinha de maneira rápida e saborosa.

Categorias

Pontagrossauros 😂

Ria com os melhores memes de Ponta Grossa e região.

Dê uma volta ao passado com fotos de lugares marcantes em PG.

Confira a agenda de eventos de Ponta Grossa.