Aliel reúne prefeitos e ministro em Brasília por conclusão da Transbrasiliana

O grupo se encontrou com o ministro Renan Filho e com o presidente do DNIT, Fabricio Galvão, para tratar da conclusão das obras da Rodovia Transbrasiliana.

Uma audiência no Ministério do Transportes em Brasília, intermediada pelo deputado federal Aliel Machado (PV-PR) e pela deputada Gleisi Hoffman (PT) reuniu prefeitos e vereadores de vários municípios dos Campos Gerais e da região Centro Sul. O grupo se encontrou com o ministro Renan Filho e com o presidente do DNIT, Fabricio Galvão, para tratar da conclusão das obras da Rodovia Transbrasiliana (BR-153) que corta a região e também da Rodovia Transboiadeira (BR-487).

Esse é um tema que o deputado ponta-grossense tem dedicado atenção especial. No ano passado, mesmo antes do término da eleição, o parlamentar se reuniu em São Paulo com o então candidato Lula para tratar do assunto. Para ele, esta é uma das maiores obras de infraestrutura da região.

“A reunião foi muito produtiva e com certeza avançamos. O ministro ouviu as demandas das lideranças presentes na reunião e assumiu o compromisso de iniciar o processo de Estudo de Viabilidade Técnica e Ambiental da Obra (EVTEA), que é o primeiro passo. Depois entra a fase da elaboração do projeto e da inclusão no orçamento. Temos problemas graves, como o caso de Imbituva, por onde passam centenas de caminhões diariamente por dentro da cidade, trazendo transtornos à população, além de acidentes em outros trechos que certamente podem ser evitados. Sem falar no impacto econômico positivo que isso trará para a região”, revelou Aliel. 

O prefeito de Imbituva, Celso Kubaski (Cidadania) presente na reunião, falou do problema que a rodovia traz para o município e disse que o ministro se comprometeu também a federalizar o trecho de aproximadamente 6 quilômetros que corta a cidade. “Nós realizamos adequações paliativas na Transbrasiliana que corta a cidade e que foi municipalizada. Diversas crateras estão abertas a todo o momento no trecho que corta a cidade. É um transtorno diário que já se arrasta há décadas. Queremos que o Governo Federal reassuma esse trecho, além de finalizar a obra”, disse ele. 

O único trecho da rodovia BR-153, que liga o Rio Grande do Sul ao Pará, que ainda necessita das obras para finalização passa pelos municípios de Tibagi, Ipiranga e Imbituva, num total de 62 quilômetros. Outro prefeito que esteve presente na reunião é o prefeito de Ipiranga, Douglas Modesto. Para ele, a conclusão deste trecho é de fundamental importância para o desenvolvimento da região.

“Sabemos que é um projeto que deve fomentar a economia de todas essas cidades. Também existem as questões logísticas, de viagens e também de escoamento da safra, que são muito importantes. Vamos até lá para brigar por isso”, afirmou Modesto.

 

Estiveram presentes na reunião os prefeitos de Rio Azul,  Leandro Jasinski, de Rebouças, Luiz Zak, de Irati, Jorge David Derbli, de Imbituva, Celso Kubaski, de Ipiranga, Douglas Modesto, de Ivaí, Idir Treviso, de Tibagi, Artur Nolte (Butina), além dos vereadores de Tibagi, Juju Silva e João Paulo, de Irati, Ipiranga e Mallet. 

Via Assessorias.

Compartilhe
Comente

Mais do Em PG é Assim

Madame Web, Baghead e outros: Confira a programação dos cines em PG
Ônibus da Vacina – Confira os locais de Atendimento, 12/04
Torta de sardinha – Receita fácil
Aprenda a fazer uma torta de sardinha de maneira rápida e saborosa.

Categorias

Pontagrossauros 😂

Ria com os melhores memes de Ponta Grossa e região.

Dê uma volta ao passado com fotos de lugares marcantes em PG.

Confira a agenda de eventos de Ponta Grossa.